Os problemas de logística que o Brasil precisa enfrentar em 2020

problemas logística 2020

O ano de 2020 será de muitos desafios na área de logística. Para buscar o crescimento, as empresas do setor acostumaram-se a se adaptar às novas demandas. Agora é fundamental estar atento aos novos riscos para se preparar para o novo ano e não ser afetado por adversidades.

Antigamente, poucas eram as preocupações das empresas, como problemas com fornecedores e falha na gestão de estoque. Como o setor hoje é mais amplo e estratégico, é preciso estar atento aos maiores riscos enfrentados. Então conheça os 3 maiores problemas logísticos para o Brasil em 2020.

1. Infraestrutura

Esse problema continua sendo um peso na logística brasileira. Segundo a Confederação Nacional do Transporte, hoje 60% do transporte é feito em rodovias. A logística brasileira se tornou muito dependente de vias rodoviárias devido aos poucos investimentos em linhas férreas.

As rodovias, por vezes, possuem mãos únicas, buracos e problemas no asfalta que atrapalham e muito o transporte. Com isso, a logística inteira perde em eficiência.

Outros desafios de infraestrutura estão concentrados nos portos brasileiros. No porto de Santos, por exemplo, o mais importante do país, muitos navios precisam esperar 18 dias para o carregamento.

Nessas situações, é comum que clientes cancelam pedidos. A falta de espaço nos portos então causa uma reação em cadeia. Para poder operar, as empresas precisam aumentar o preço do frete, e com isso o rendimento do exportador e do importador fica comprometido.

2. Custos

O custo no Brasil é alto, ainda mais em cenários incertos. Ainda que a economia se recupere lentamente, o país vive alterações frequentes nos preços do combustível.

Como o setor é dependente do transporte rodoviário, uma pequena mudança no preço do diesel faz com que o transporte de toda logística encareça. E o setor aéreo acaba sendo inviável, pois continua muito caro. De acordo com a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), apenas 20% das aeronaves hoje trabalham com logística, e normalmente carregam produtos altamente perecíveis ou de alto valor agregado.

3. Segurança na era digital

A segurança sempre foi um desafio para qualquer empresa que opera em logística. No entanto, hoje estamos em uma era digital, e as medidas protetivas precisam necessariamente migrar também para o online. É cada vez mais frequente a utilização de softwares e dispositivos para traçar rotas, planejamento, bem como obter informações para melhorar o transporte.

Assim, em uma cadeia cada vez mais dependente da rede, os criminosos cibernéticos têm mais possibilidade de atacar. Essa tem sido uma grande preocupação de muitas empresas da cadeia de suprimentos. Por isso, novos investimentos estão sendo feito para fortalecer a segurança digital e evitar ataques que comprometam a empresa e o abastecimento.

Na esteira dessas mudanças, é preciso estar capacitado para não correr riscos. Uma forma de fazer isso é utilizar tecnologia avançada para otimizar a logística de entrega e coleta. Assim, além da segurança, é possível ter economia de custo e de tempo, através de um sistema de roteirização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *